terça-feira, 17 de novembro de 2009

Obrigada.

Pelo pequeno-almoço na cama. Pelas mini-férias fantásticas que passamos. Por teres aprendido a cozinhar strogonoff para fazeres o almoço no nosso dia. Pelas surpresas maravilhosas. Pelos miminhos de todos os dias. Por me compreenderes sem eu ter que dizer uma única palavra. Por respeitares o meu feitio e as minhas pancas, mesmo quando não as entendes. Por seres como és e pelo que és comigo. (fica o "amo-te" nas entrelinhas)