terça-feira, 24 de novembro de 2009

Contra factos não há argumentos

Ele - Eu não punha o nome "Francisco" a um filho meu!

Nós (os suspeitos do costume - e foi mesmo em uníssono, foi um momento tão bonito!) - Porquê?

Ele - Porque viram todos gatos! Depois só ouves: "Ó Kiko!" e "Ó Chico"! E eu quero um filho, não é um bichano!