sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

É por estas e outras iguais que eu gosto do que faço

Testemunha - Eu emprestei-lhe dinheiro e ele nunca mais mo devolveu! Eu dizia-lhe para me pagar e ele dizia-me "Ó Quim, tens de ter paciência"!


Juiz - E o senhor o que lhe respondia?


Testemunha - Eu dizia-lhe: "Ó Manel, isso da paciência é muito bonito mas não é com paciência que eu vou ao Lidl!"