segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Lei de Murphy #2

É certo e sabido: é precisamente no dia em que se escolhe estrear um novo par de stilettos que aparecem dezenas de tarefas urgentes em locais longíquos uns dos outros (mas não longíquos o suficiente para ir de transporte público ou privado, mas sim a pé) e, para melhorar o panorama, com passeios não de alcatrão, mas ~em calçada, com aquelas pedrinhas bonitas que prendem nos intervalos o tacão, o que além de magoar muito o pé, parte o tacãosinho.

31 comentários:

Tretoso Mor disse...

Salto-alto,

Fizeste-me lembrar, que quando estreio uma gravata, há sempre um salpico do molho do prato do almoço que invariavelmente é atraído para o tecido...

passei a estrear as gravatas em casa, depois das refeições!

:))

Gosto das TRETAS que escreves, porque sim!...

Tretices para ti

Krippmeister disse...

A calcada portuguesa porde ser muito bonita e ter valor historico e essas m***as todas, mas devi aser abolida pelo simples facto de desencorajar as mulheres de andar de salto alto.

Krippmeister disse...

Por acaso não tens uma chefe gorda de bigode que morre de inveja das tuas pernas?

Salto-Alto disse...

Tretoso Mor: LOOOL! quem me dera ter-me lembrado dessa! muito boa! se eu usasse gravatas até me tinha ocorrido! Fico sinceramente feliz que as minhas tretas te agradem! Obrigada pelas visitas e pelos comentários! Volta sempre! Beijocas!!!

Krippmeister: obrigada atribuo-te um troféu virtual! tem que ser! é que és sempre tão espirituoso nos teus comentários e tão engraçado que eu tenho mesmo que te compensar! E obrigada pela preocupação (se bem que eu acho que não é altruísta ;p) pelo direito das mulheres de andar de salto alto! ;p Beijocas!!!!

Salto-Alto disse...

Krippmeister: ah! ia-me esquecendo! não, não tenho uma chefe assim! tenho um chefe, serve? é casado e ainda não conheci a mulher dele... será ela considerada minha chefe? hmm...

Krippmeister disse...

:) Obrigado salto!

Pois confesso que não é altruísta, de facto. Mas em minha defesa devo dizer que tenho consciência que não é fácil andar de salto alto e respeito o esforço de quem o faz.

Por outro lado isso sempre me dá uma desculpa para oferecer massagens aos pés, e lá se vai o altruísmo todo pró galheiro outra vez...

Krippmeister disse...

Quanto ao chefe, eu consigo imaginar a mulher dele, com os crocs cor de pastilha elástica debaixo da cama e com rolos no cabelo, a planear rotas pedonais diabólicas cheias de calças e tampas de esgoto e grades de ventilação para tu precorreres no dia seguinte.

Mariana disse...

ai que isso é realmente verdade.hoje vou estrear uns sapatos novos,espero q n tenha q andar mt lol é horrivel uma pessoa andar d sapatos naqueles passeios cheios d buraquinhos e o tacao enfia-se no buraco,q coisa irritante e q figura ridicula q temos q fazer,é sp um obstaculo a ultrapassar
bj

Joaninha disse...

Pois eu há muito que acho que a calçada à portuguesa é um crime publico e mais, ninguem me para as idas dos meus sapatinhos ao sapateiro para por capinhas novas graças à bela da calçada!

Deviamos protestar junto do governo!

Beijos

PS: O Krippmeister está a ser tudo menos altruista, ele é é um homem inteligente e mestre do belo e do sublime como designer que é!
hehehe!

D.Antónia Ferreirinha disse...

POIS, AHAHAH, É POR ISSO QUE COM SALTOS DESSES, APESAR DE GOSTAR, A MIM NINGUÉM ME APANHA.
BEIJINHO.

Pearl disse...

Ai como te compreendo!!
Agora quero comprar uns stilettos pretos, são basicos e vão bem com tudo, mas enfrentar a calçada portuguesa de saltos é dose!!

Mulher sofre...mas sempre de saltos!

beijinhos

Bloguótico disse...

Uma verdadeira "salto-alto" jamais reclama das condições do piso k o novo par de stilettos vai pisar! O tacão até pode partir-se, mas pelo menos fizes-te furor na rua com eles! ;)

Minhoca disse...

Podes crer a calçada não foi mesmo feita para andar de saltos, é que alem de dar cabo do salto ainda ha o risco de la ficar com o dito preso entre uma pedrita e outra e fazer aquela triste figura de o pe vir e o sapato ficar :)

O que uma mulher sofre:):)

Beijokinha

Abobrinha disse...

Nah! O que tem piada mesmo é ir para qualquer sítio com relva e acontecer duas coisas: enterrar os tacões e depois ficar com eles cheios de terra.

Mariana disse...

abobrinha tambem ja me aconteçeu isso,q horrorrrrrrr nem me gosto nd d lembrar dessas situaçoes
bj

Alguém disse...

pior pior é quando se fica com o sapatinho preso na passadeira com o semaforo vermelho e vem um carro a alta velocidade, sem intenção de parar para a dama atravessar! O que fazer?????


Fugir e deixar o sapato e depois ir busca-lo quando o carrinho tiver passado! Com sorte ainda está inteiro!! ;)

pensamentovadio disse...

tens de passar a usar salto raso! mentira mas detesto esta expressao então usei!

Anónimo disse...

Pinhel, Nós por cá… passou por aqui e gostou do que viu.
Obrigado e visitem, http://pinhelviva.blogspot.com/
Obrigado e apareçam no Concelho de Pinhel!

Ninja! disse...

Não faço ideia, é daqueles problemas que nunca vou ter. Mas sofro por ti. Mas não muito. Assim-assim. Ok, bastante.

Beijo.

Salto-Alto disse...

Krippmeister: a sério, só me rio quando leio os teus comentários! ;p Beijocas!

Mariana: era giro mostrares os sapatos e contares como foi a experiência! é sempre uma incógnita quando se estreia um par de sapatos numa saída ;p Espero que tenhas tido sorte com o piso! ;p Beijocas!!!!

Salto-Alto disse...

Joaninha: tu dizes, eu assino por baixo! é um crime público sim! e devíamos juntar um grupo d mulheres e dirigir-nos em massa para o governo! Ai! ;p Beijocas enormes querida!

D.Antónia Ferreirinha: o problema é que eu adoro saltos!! quando sei que vou sair e caminhar muito calço algo mais apropriado para o efeito, mas sempre que posso, lá uso o meu salto! ;p BEIJOCAS querida!

Salto-Alto disse...

Pearl: estou como tu, também tenho que comprar uns pretos! Já tenho uns, mas sapatos pretos nunca são de mais! Já lá dizia a minha avozinha: "com preto, nunca me comprometo" (era acerca de vestidos pretos em cerimónias, mas eu aplico, mutatis mutandis, a tudo! ;p BEIJOCAS!!!

Minhoca: tens toda a razão!!! eu odeio quando isso acontece! e pior, quando o tacão fica preso e o pé vem para a frente e depois o tacão cede... são umas dores na barriga do pé! ai, não há gente que mande no País que nos compreenda! ;p Beijocas!!!!

Salto-Alto disse...

Bloguótico: não sei mesmo como compreendes tão bem as mulheres!tens razão, o que interessa é o furor que causei! ;p Beijo, até amanhã! ;p

Abobrinha: tens toda a razão! e a graça é que acontece sempre isso em casamentos ou baptizados. vai uma mulher toda arranjada e pimba, os noivos querem as fotos na relva... Irra! ;p Beijão enorme!!!

Salto-Alto disse...

Alguém: confesso que isso nunca me aconteceu. Pelo menos assim! ;p Beijocas enormes e obrigada!

pensamentovadio: ai, isso de vir para o meu blog usar expressões que não se gosta não está com nada! ;p Beijocas!

Salto-Alto disse...

Anónimo: Pinhel? vá mas é fazer publicidade para outras paragens! O que acha que isto é? Isto não é o blog do Cláudio Ramos! Por aqui só comentam pessoas com qualidade! Ai! Que eu não tenha que me chatear! é que um dos meus comentadores é Ninja!... Não me obrigue a usar os meus conects, sim?

Salto-Alto disse...

Ninja!: ena, obrigada pela tua compaixão! ;p QUalquer dia eu mostro-te o quanto dói. beijo!

L!NGU@$ disse...

Passa a andar de chinelame de meter no dedo e siga. As mulheres só complicam. Deus ma libre!

saves disse...

Malditos! Esses senhores que te arranjam essas caminhadas em lugares suspeitos. Dá-lhes mas é luta :P
L!NGU@$ não inventes :P

@me@@@ disse...

uiii nem de propósito, ainda ontem postei sobre a calçada no meu blog... estafermo de calçada, que nos F%$# os saltinhos...

Pecadormeconfesso disse...

Gostei do estilo. Se a Cleopatra dá com os teus sapatos perde-se. Ela adora saltos altos. Vou avisá-la.;-)

Nogs disse...

Ah, Ah! Fabuloso!

E isso é mesmo verdade. Não é que eu tenho uma mania compulsiva de comprar sapatos altos que adoooooro e depois pouco os uso ou porque ando por sítios com imensas pedras de calçada e cidades aos altos e baixos (por exemplo quando vivia em Lisboa ou Coimbra) ou quando vives numa cidade completamente plana como Barcelona, numa zona central onde vais a pé para todo o lado e não convém andar de saltos altos muito tempo:P


Fazes-me rir e sorrir.


Beijooooooo