sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Terça feira (ontem, mas o post é agendado) foi noite do pijama cá para estes lados. Pois, não são só os homens que adoram as Noites de Mulheres! E a nossa até teve direito a manicure e filme! O resto é segredo.

Só posso adiantar que a companhia era muito muito boa e que o cansaço acumulado era muito. E por isso, tal como acontece a qualquer pessoa que esteja muito muito cansada, só saíam asneiras da nossa boca... E como eu sou muito muito querida, vou partilhar o melhor diálogo da noite (basicamente só quero envergonhar umas certa menina que publicou um post com uma conversa vergonhosa proferida por mim. Payback's a bitch!):

Ela 1 - Que filme vamos ver?
Ela 2 - É um de semi-terror!
Ela 1 - Semi-terror? Porque é que é semi-terror?
Eu - É um filme de acção mas as peças de roupa não combinam umas com as outras! Até assusta!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

É para não te armares em chique!

Anda uma gaja armada em menina da cidade, muito moderna, culta e muito fashion, sempre atenta à moda e sempre a  comprar roupa, bolsas, sapatos e botas de salto alto, a tentar manter uma reputação de moça bem sucedida, para depois ser apanhada a ter conversas com frases do género "Plantei as minhas abóboras há mais de 10 horas, já devo ter as colheitas estragadas", "Vou ali colher morangos e já volto" e "Ai as minhas couvinhas!"...


Maldito sejas Farmville!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Shoe Shopping com as amigas


Cusquices, diversão e sapatos... Poderia alguém querer mais?


É que não há nada tão divertido e terapêutico!

(como a minha carteira vai ficar tristinha com o assalto que vai hoje sofrer, declaro 
                                                                          a manhã de amanhã "manhã de bag
                                                                          shopping". Só para o minha carteira não
                                                                          ficar deprimida, claro!)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Gays, lésbicas... e a gata

Este podia muito bem ser um post político, mas como estamos num blogue de respeito, é só um post estúpido. E não, também não é um argumento de um filme pornográfico (prevejo que 70% dos homens que acederam ao blogue por causa do título estão agora a insultar-me e a fechar a página).

Esta notícia, que podem ler na íntegra aqui, tem protagonistas muito sui generis: um gay, duas lésbicas e uma gata. Manca. Ah pois é, o jornalista do Jornal de Notícias achou fenomenal a gata ser manca e apenas ter 3 perninhas, já que não se limitou a referir isso uma vez. Aliás, ele escarneceu da própria gata, tendo-se referido sempre a ela como "a gata manca".

Então como se passou esta linda história? O senhor jornalista terá a versão dele. Eu tenho a minha.

Relata o jornalista que moravam lado a lado um casal gay e um casal lésbico. Diz ele que fez faísca. Infelizmente, não fez o tipo de faísca a que os filmes hollywoodescos nos habituaram. Basicamente, os dois casais andavam "à porra e à massa".

Basicamente, o casal gay atormentava o casal lésbico e este retaliava, e a vida corria muito bem a todos e até eram amiguinhos na mesma. A vida era bela até ter falecido um dos membros do casal masculino. Após a morte do seu companheiro, Gary tornou-se mauzinho

Então, o que se lembrou o Gary de fazer? Primeiro decidiu roubar a gatinha. Mas não ficou com ela para si! Não, foi abandoná-la numa aldeia a quilómetros de distância (ó minha besta, então não andas atento às campanhas de sensibilização contra o abandono dos animais nas férias?). Mas a gata perneta foi encontrada. Azarucho ó Garyzinho!

Então o que é que ele se lembrou de fazer? Exactamente, lembrou-se de envenenar as vizinhas! E como? Ora bem, nada mais simples do que dar-lhes takeaway! O Garyzito foi a casa das senhoras e disse-lhes que tinha encomendado caril a mais e ofereceu-lhes os restos. E o mais extraordinário é que elas acharam aquilo muito normal! Pois então, nada mais natural do que o nosso inimigo mortal que já roubou a nossa gata - manca - vir à nossa porta e oferecer-nos caril!

Aquilo foi tão normal que elas além de aceitarem, comeram efectivamente as sobras do senhor! Ou elas são muito crentes na bondade da natureza humana ou são burras que nem um penedo... Só devem ter estranhado quando o caril não produziu o seu efeito normal na digestão - aqueles movimentos intestinais que lhe são tão característicos.

Mas tudo ficou bem. As duas senhoras sobreviveram, a gatinha ficou bem (fora a parte chata de ser manca) e o Garyzito lá foi para a cadeia, o melhor sítio do mundo para ele encontrar um substituto para o seu amante falecido. No fundo no fundo, acho que ele só queria arranjar maneira de ir para a cadeia e poder voltar a ser a bitch de alguém.

Para mim, o melhor da notícia foi esta belíssima e filosófica passagem, com a qual termino:

"O envenenamento foi a gota de água na paciência de Mary e Beverly. (claramente são más pessoas. Então o vizinho é tão boa gente e elas amuam só por ele as tentar envenenar? São mesmo gentinha reles!) Depois de muito aturarem do vizinho, que em tempos lhes havia roubado a gata manca (coitada da gatinha, não basta morar ao lado de gente assim e ainda é rotulada de "a manca"), as vizinhas não aguentaram mais e fizeram queixa à polícia."



Eu só queria deixar expressamente referido que não uso os termos "gay", "lésbicas" e "manca" com qualquer sentido depreciativo. Apenas me limitei a referir-me nos mesmos termos que o autor da notícia o fez. Quero também salientar, para quem não saiba, que não tenho absolutamente nada contra a homossexualidade (quem na vida nunca desejou virar lésbica depois de um desgosto amoroso com um gajo?!).

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Por força dos inúmeros pedidos dos meus amigos, declaro reaberto o blogue*.


(pelo menos temporariamente reaberto, assim tipo época sazonal)


P.S.1. Esta mensagem foi ditada por 2 desses amigos (o 1 e o 2), já que quase todos eles me obrigaram(!!!) a reabrir o blogue hoje. Isto para dizer que a responsabilidade deste post e dos subsequentes é totalmente deles.

P.S.2. Ah, e ao contrário do que eu queria, também me obrigaram a aceitar comentários...

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Lugar do Chapéu Amarelo

É ver, rir e comentar. :)